“Eu quero sair daqui!”: cenas fantasmagóricas do espaço doméstico

Birgit Jürgenssen, “Housewives’ Kitchen Apron”, 1975

Birgit Jürgenssen, “Eu quero sair daqui!”, 1976

Vestida de um avental típico das donas-de-casa e prensada por trás de uma porta envidraçada, a artista austríaca Birgit Jürgenssen (1949-2003) escreve no vidro Ich möchte hier raus!: “Eu quero sair daqui!”. A obra, de 1976, é dos trabalhos desta artista feminista de vanguarda que, por meio de fotografias, desenhos, pinturas e objetos debate a situação da mulher em sua época, situação esta que continua assustadoramente atual. Birgit se especializou em uma arte corporal feminina por meio de auto-retratos e séries fotográficas e/ou desenhadas, que mostram uma seqüência de eventos relacionados à vida social diária de uma mulher, em uma atmosfera de preconceito, medo e reclusão.

“Eu queria chamar a atenção para os preconceitos comuns e modelos designados ás mulheres na sociedade, com a qual eu sempre fui confrontada…” Birgit Jürgenssen

Birgit Jürgenssen, "Housewives's working", 1975

Birgit Jürgenssen, “Housewives’s working”, 1975

As divisões entre o espaço público e privado e os papéis destinados as mulheres é um tema recorrente tratado por artistas femininas. Questionar os estereótipos produzidos no espaço doméstico e sua relação com a reclusão da vida das mulheres é uma prerrogativa do trabalho de diversas fotógrafas, pintoras, escultoras e performers.

Laurie Simmons (nascida em 1949) é uma artista, fotógrafa e cineasta estadunidense que, desde meados da década de 1970, monta cenas para sua câmera fotográfica com bonecas, manequins, objetos e pessoas criando fotografias que fazem referência a cenas domésticas. Usando brinquedos e recortes de revistas, constrói imagens irreais e inatingivelmente perfeitas, que ajudam a mostrar aos telespectadores a ideia de como os diferentes estereótipos de gênero e seus espaços se estabelecem.

O trabalho de Francesca Woodman (1958-1981), fotógrafa estadunidense que se suicidou com apenas 22 anos, retrata de forma sensível e cheia de intimidade a relação entre seu corpo e o espaço, tendo como pano de fundo, sobretudo, o espaço doméstico. Ela faz da fotografia sua segunda pele: “estou sempre à mão”, ela diz, “quando a urgência da representação é aparente”. Seu corpo é retratado de forma fantasmagórica em meio a espaços em decomposição: casas abandonadas, pinturas descascadas, papéis de parede rasgados, espelhos, etc. Sua imagem é fragmentada e se funda no ambiente fotografado: o que é o corpo da mulher e o que é a casa que habita?

Essas três artistas fazem parte da exposição “Women House”, que acontece em Paris, de 20/10/2017 a 28/01/2018: “o espaço doméstico é apenas um refúgio, ou uma prisão, ou pode tornar-se um espaço de criação?”. São 25 artistas mulheres de toda parte do mundo*, distribuídas em 17 quartos diferentes desta “Casa da Mulher”, instalação fundamental para a história da arte feminista.

Catálogo da exposição

Catálogo da exposição “Women House”, Paris, 2017

Outras artistas convidadas para a exposição:

* Artistas: Carla Accardi, Helena Almeida, Nazgol Ansarinia, Monica Bonvicini, Louise Bourgeois, Heidi Bucher, Claude Cahun, Pia Camil, Johanna Demetrakas, Lili Dujourie, Lucy Gunning, Mona Hatoum, Birgit Jürgenssen, Kirsten Justesen, Karin Mack, Isa Melsheimer, Zanele Muholi, Lucy Orta, Letícia Parente, Sheila Pepe, Marta Rosler, Elsa Sahal, Niki de Saint Phalle, Anne-Marie Schneider, Miriam Schapiro, Lydia Schouten, Cindy Sherman, Laurie Simmons, Penny Slinger, Laure Tixier, VALIE EXPORT, Joana Vasconcelos, Ana Vieira, Rachel Whiteread, Sue Williamson, Francesca Woodman, Nil Yalter, Shen Yuan, Andrea Zittel.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s